Sobre a cidade de Colónia

Fotografia da Catedral de Colónia, um dos mais emblemáticos monumentos da cidade


A cidade de Colónia é uma cidade muito antiga. Os primeiros alemães começaram por povoar aqui uma pequena vila no ano 38 AC , mas a verdadeira colónia foi fundada pelos romanos no ano 50 DC.
Na Alemanha, a cidade de Colónia perde em tamanho apenas para Berlim, Munique e Hamburgo: tem cerca de um milhão e duzentos mil habitantes e é conhecida pelos habitantes como Köln, mas os habitantes chamam-lhe "collen".
Um dos monumentos mais visitados de Colónia é a sua famosa catedral, uma obra arquitetónica de arte gótica. Entre outras curiosidades, começou a ser construída em 1248 mas as obras pararam no ano de 1473, deixando a catedral incompleta. No século XIX as plantas originais da catedral foram redescobertas e as obras recomeçaram. Hoje é uma das atrações turísticas mais visitadas da cidade, recebendo em média 20 mil visitantes por dia.
A cidade tem como cenário as pontes que atravessam o rio Reno e numa das pontes um atrativo é a ponte estar repleta de cadeados que simboliza o amor entre os casais.
Fotografia de pormenor dos cadeados do amor
Derivado à sua história estar repleta de várias ruínas romanas e de muita história, é na parte antiga da cidade que podemos provar e beber a cerveja "kulsh", uma cerveja artesanal que só é produzida ali.
Outra curiosidade é que apesar de se dizer que existe uma parte antiga , toda a cidade de colónia foi devastada e arrasada na segunda guerra mundial - a única estrutura intacta foi a catedral, que era um ponto de referência para os bombardeiros.
Existem cerca de doze igrejas romanescas em Colónia , uma delas a basílica de Santa Úrsula, que é a padroeira da cidade: reza a história que que no século IV um povo bárbaro invadiu a povoação e o chefe dos bárbaros encantou-se por uma jovem, de seu nome Úrsula, com quem se quis casar. Ela resistiu pois além de não o querer também não queria deixar a sua religião católica. Então, o povo bárbaro matou Úrsula e dez amigas suas num ato de vingança pela repudia da jovem. Por esse motivo o brasão da cidade tem onze lágrimas que representam as onze virgens mortas pela sua resistência.

Texto publicado por Vera Rapagão mas escrito por Paulo Almeida.

Brasão de armas de colónia, onde se podem observar as onze lágrimas, com referência à lenda de Santa Úrsula

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Centro Berufsförderungswerk Düren - BFW Düren

Chegada a Düren!