Mais um dia, mais uma descoberta!



(texto escrito por Paulo Almeida)

Hoje partimos cedo em direção à lindíssima cidade de Aachen, uma cidade que nos transporta para uma época passada: ruas repletas de esplanadas e com um encanto que nos faz viajar no tempo. A cidade possui umas termas com muita história: foram as termas utilizadas pelos romanos, pois a cidade de Aachen foi em tempos distantes um campo de treino onde os romanos nos tempos de relaxamento podiam nos banhos públicos usufruir das termas. A cidade é um local com uma beleza e sente-se uma magia no ar. Algures durante a história da cidade todas as casas do centro arderam num incêndio por essa razão hoje só é possível visualizar uma casa típica de madeira que foi construída após o incêndio. 

Existe também a belíssima catedral de Aachen. Esta catedral foi a primeira a ser considerada património da humanidade pela UNESCO. Conta a história que a catedral começou a ser construída mas como em todas as grandes obras faltou verba para a finalizar. Entretanto o Diabo promete que ajuda em dar o dinheiro necessário para finalizar a obra mas que a primeira alma que entrar na igreja lhe pertencerá. Após a construção estar concluída ninguém queria entrar na catedral , mas num momento de distração do Diabo as portas foram abertas, uma luz divina e forte iluminou e encadeou o Diabo e um leao foi enviado para dentro da igreja – a primeira alma! Revoltado por ter sido enganado ele proferiu palavras jocosas, quando fecharam as portas para impedirem o Diabo de entrar ele ficou um o polegar decepado na porta e com a raiva pontapeou a porta ficando a mesma rachada. Nessa mesma porta existem duas cabeças de leão onde numa delas se pode sentir o dedo do diabo.

No centro histórico de Aachen podemos encontrar entre muitas ruínas romanas diversas lojas de uma iguaria típica da Alemanha que são os “printen”. Podemos ser levados para outros tempos!

Na nossa visita fomos acompanhados por uma guia que nos fez uma explicação detalhadamente.

Terminada a visita fomos almoçar a uma cervejaria típica onde novamente nos deliciámos com um repasto digno de deuses. Satisfeitos fomos tomar café a uma casa típica de doces onde nos podemos deliciar com doces que eram uma verdadeira tentação em todos os sentidos. Quase a rebolar, dirigimos-nós ao transporte que nos levaria para o centro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sobre a cidade de Colónia

Aachen??? Em Português, pode ser Aquisgrano ou Aquisgrão!

Filme "Imagine"